Como criar relatórios médicos rapidamente

Nos últimos anos, e acentuada após a implementação da HCE, os profissionais de saúde estão a sofrer uma pressão administrativa crescente devido ao número de relatórios e notas médicas que têm de carregar nos sistemas informáticos. Neste contexto, é importante saber como criar relatórios médicos rapidamente, sem perder a sua qualidade, tirando partido das vantagens de algumas tecnologias como o reconhecimento de voz.

O reconhecimento de voz para relatórios médicos rápidos

As soluções de reconhecimento de voz permitem aos profissionais de saúde introduzir dados clínicos nos sistemas e produzir relatórios médicos de forma muito mais rápida, fácil e precisa, uma vez que o ditado é até 3 vezes mais rápido do que a dactilografia. Especialistas como os radiologistas já utilizam estas soluções há muitos anos, mas cada vez mais profissionais de outras disciplinas estão a tirar partido das vantagens desta tecnologia.

O profissional só tem de colocar o cursor onde quer que o texto apareça. Depois, pode começar a ditar e o áudio será transcrito para texto, onde o cursor estiver colocado, automaticamente e em tempo real. Desta forma, os médicos podem otimizar os seus fluxos de trabalho e reduzir o tempo gasto nestas tarefas administrativas. Além disso, a utilização desta tecnologia aumenta a qualidade dos relatórios, uma vez que tendemos a dar mais pormenores e a utilizar menos abreviaturas e acrónimos quando utilizamos a voz.

Como estruturar rapidamente um relatório médico?

Geralmente, estas são as secções específicas que um relatório médico deve conter e que, mesmo que sejam feitas rapidamente, não devem ser omitidas:

• Data e lugar dos acontecimentos.

• Dados pessoais do doente, juntamente com os seus dados de identificação.

• Motivo da visita do doente ao consultório médico ou ao serviço de urgência, se for o caso.

• Descrição da doença atual.

• Sintomas de que a pessoa sofre e a sua ordem de ocorrência, entre outros.

• Diagnóstico médico definitivo.

• Recomendações a seguir pelo doente para a sua recuperação.

• Limitações importantes e secundárias da doença.

• Licença de trabalho se o caso do doente o exigir.

• Dados do médico assistente, bem como o seu carimbo e assinatura.

Lembre-se de incluir todos os dados relevantes e todas as informações necessárias, mesmo que pretenda elaborar um relatório médico rapidamente.

INVOX Medical, a solução de ditado de relatórios médicos

A INVOX Medical permite aos profissionais de saúde tomar notas clínicas e ditar os seus relatórios médicos até 3 vezes mais rápido do que dactilografar. Além disso, a solução está adaptada a mais de 15 especialidades médicas e permite ditar em qualquer software médico.

Compartir

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Otros posts que pueden ser de su interés